1º de Maio, 35 anos depois

Posted: 30/04/2009 in Acção!, Democracia, Memória

1c2bamaio19742009

©ProtestoGráfico

Depois da anestesia comemorativa que vimos no 25 de Abril passado, era bom que passássemos a um pouco de acção. Existem razões para protestar, para querer mudar de rumos e de políticas. Disso só não tem dúvidas quem é “alimentado” por este sistema partidocrata e está dele estritamente dependente. Lembram-se do 1º de Maio de 1974? Foi a maior manifestação jamais realizada em Portugal, com perto de 1.000.000 de pessoas. Eu tinha 8 anos e dela me recordo apenas através de fragmentos das reportagens televisivas que vi na altura.

Vai haver no próximo 1 de Maio uma manifestação em Lisboa do Largo do Martim Moniz até à Alameda D. Afonso Henriques, com começo às 14.30h. Não me interessa quem a convocou. Sou professor e, neste momento, não acredito numa manifestação de professores, nem numa manifestação de funcionários públicos, nem numa de enfermeiros, médicos ou polícias. Acredito numa manifestação de Portugueses que tentem recuperar um pouco da sua união e da sua identidade. À falta de uma outra circunstância mais feliz que nos una, que seja o descontentamento a fazê-lo.

Resumo de iniciativas para o 1º de Maio, retiradas de um dos meus blogs preferidos, o Pimenta Negra:

Mayday, Porto

1ª Maio Anticapitalista. Lisboa

1º Maio, CGTP, vários locais

Parada Mayday, Lisboa e Porto

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s