Support/Apoia Wikileaks!

Posted: 04/12/2010 in Campanhas negras

Por esta é que os nossos queridos líderes mundiais não esperavam…

É com um certo gozo que vejo os grandes líderes mundiais tremer perante as revelações das políticas menos claras, trafulhices e negociatas que têm lugar nas nossas barbas. O desespero é tal que estão a pressionar de uma forma despudorada e nunca vista todos os podem ajudar na revelação dessas “fugas”. A Amazon e a Paypal retiraram os seus acessos ao site da Wikileaks alegando “incitação à ilegalidade” a primeira e “violação da política de utilização” a segunda. Isto para não falar de um mandado de captura ao fundador do Wikileaks, por agressão sexual, que é tão “sólido” e verídico que as autoridades inglesas nem querem executar!…

Mas atenção… isto é a reacção dos governos ocidentais onde existe ainda uma certa necessidade de manter as aparências. Existem aqueles que nem reagem porque já não têm pingo de vergonha ou porque sabem que o povão está demasiado assustado ou empobrecido para reagir.

Info sobre o Wikileaks  aqui e  aqui.

Atenção! Actualização: Como ajudar o Wikileaks agora

Anúncios
Comentários
  1. CESAR diz:

    É um absurdo: isto é ditadura; é igual ao período stalinista ou ao coreano. E depois falam em democracia blá blá blá… Pior, falam em segurança, em medo de pessoas serem mortas… e a que eles matam com as atitudes que tomam? Aos bandidos que fomentam? Às armas que constroem? Aos remédios que negam? Aos diamantes que compram da África sujos de sangue?
    Abaixo ao Visa e ao Mastercard. Cancelem os cartões.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s