Archive for the ‘Eventos’ Category

1encontronpl

©ProtestoGráfico

No dia 14 de Março, movimentos de professores que incluem a APEDE, o MUP, o MEP, o PROMOVA e a CDEP vão promover em Leiria um Encontro Nacional de Professores em Luta. O Encontro decorrerá no Teatro José Lúcio da Silva, na zona central de Leiria, entre as 10 e as 17 horas.

Será uma ocasião para os professores que têm resistido nas escolas se encontrarem e discutirem o rumo que tencionam dar a um combate que é de todos nós.
Precisamos de saber como dar força e orientação à luta judicial que está agora a ter início.
Precisamos de reflectir, em conjunto, sobre as formas de luta a desenvolver até ao final do ano lectivo.
Precisamos de ponderar a melhor forma de recuperar o espírito de unidade entre os professores.
Para isso, CONTAMOS COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS.
Com um abraço,

Mário Machaqueiro (pela Direcção da APEDE)

Cartaz A4 em formato pdf

Cartaz A3 em formato pdf

Anúncios

cordaohumano

©ProtestoGráfico

Eu sei que andamos todos cansados e que estamos numa espécie de período de “refluxo” no que respeita à defesa da carreira docente e da escola pública. No entanto, penso que esta iniciativa promovida pela Fenprof é original e pode causar grande impacto mediático, se tiver uma boa participação. Os detalhes logísticos deverão ser revelados em breve pela central sindical. 

Lá estarei.

Cartaz em formato pdf para divulgação, aqui

greve-19jan2

 

24jan-cartaz1

A manifestação convocada para o dia 24 de Janeiro, por vários movimentos independentes de professores, vai transmitir publicamente ao Presidente da República o descontentamento e a apreensão com que os docentes encaram o rumo que este governo segue em matéria de ensino público.

Incluída na “grande encenação” em que se transformou a governação do país, a educação não foge à regra, e os professores lutam para evitar o aniquilamento da escola pública. A intenção evidente deste executivo (socialista ?) é, em primeiro lugar, poupar dinheiro para que este possa ser aplicado em contratos chorudos de construção e no financiamento do déficit da banca.. Em segundo lugar, nivelar a qualidade por baixo, diminuindo o grau de exigência, deixando o caminho aberto para os privados fazerem da educação um negócio, oferecendo pretensamente a qualidade que o ensino público deixará de ter. Tudo isto, claro está, envolto em grandes cortinas de fumo lançadas por uma bem oleada máquina de marketing político.

O problema deles é que já foram topados a léguas…

Formato pdf A3: cartaz-24jan-a3

Formato pdf A4: cartaz-24jan-a4

6dez-cartaz-enel-r

3dez-cartaz2

pomba